Notas, Recibos e Imposto de Renda

Oi tudo bem?

Uma pessoa levantou uma questão em um grupo no Facebook e o assunto gerou uma repercussão enorme…

Várias pessoas tiveram interesse em saber mais sobre o tema e acredito que essas dúvidas possam ser suas também.

Se você ainda não participa do grupo exclusivo por e-mail que recebe esses textos antecipadamente, clique e faça seu cadastro:

2

Por isso, resolvi escrever esse texto para conversarmos e entender mais sobre esse assunto que é de arregalar os olhos rsrs

Bom,  se você tem dúvidas sobre recibos, notas fiscais e imposto de renda, é melhor ler até o final.

Resolvi escrever esse texto em forma de perguntas e respostas pois assim o entendimento fica mais fácil.

Neste texto irei abordar somente os profissionais autônomos, ou seja, pessoa física. Para não misturar, não irei abordar os procedimentos para quem tiver empresa aberta, ok?

1- Quem deve declarar Imposto de Renda?
Terá que fazer a declaração de imposto de renda o profissional que teve renda tributável em 2016 acima de R$R$ 28.123,91.
Atenção: esse valor é para o ano, ok?
Caso você não tenha recebido mais de R$28.123,91 no ano de 2016, você está isento de declaração de imposto de renda.

2- E o que são rendimentos tributáveis?
É todo dinheiro que você recebe proveniente do seu trabalho durante o ano.
Exemplos de rendimentos tributáveis: salários, aposentadoria, pensões, dinheiro ganho com aluguel, dinheiro ganho com serviços.

3- Qual a diferença entre recibo dado por um profissional autônomo (RPA) e nota fiscal?
O Recibo de Pagamento Autônomo(RPA) é um documento cujo modelo pode ser comprado em papelarias ou ser feito por você mesmo(aquele modelo que compartilhei com as pessoas no Facebook) e é emitido para comprovar uma transação entre o prestador do serviço (você) e o cliente.
A nota fiscal avulsa também pode ser usada por profissionais autônomos pessoa física. Ela pode ser uma exigência por parte de quem contrata seu serviço. O contratante pode pedir nota fiscal para a contratação do seu serviço, se ele quiser.

4- E como faz para emitir a nota fiscal sendo Pessoa Física?
Você deve procurar a Prefeitura do seu município para se informar, pois isso varia de acordo com cada Prefeitura.
Você deve fazer um cadastro na prefeitura da sua cidade. Cada município tem seu próprio procedimento, então você deve se informar.
Algumas prefeituras têm sistemas que possibilitam esse cadastro pela internet, mas, em outras, é necessário ir pessoalmente preencher formulários, com CPF, endereço e outros dados pessoais. Cobra-se, então, uma taxa de inscrição municipal. Concluído o processo, é possível obter notas avulsas em papel ou emitir NF-e (nota fiscal de serviço eletrônica).

5- Mas eu só trabalho com Pilates, como devo fazer?
Essa é a maior dúvida por parte dos profissionais. Primeira, vamos esclarecer uma coisa?
Você é fisioterapeuta que trabalha com Pilates. O pilates pode ser um dos seus métodos de trabalho, assim como RPG, Maitland, Mulligan, Osteopatia, etc.
Para fins legais e tributários, você é fisioterapeuta e ponto! Lembrando que não existe a profissão instrutor de Pilates. O que existe é a profissão Fisioterapeuta.
Então, ao emitir um RPA ou nota fiscal, você deve emitir como fisioterapia pois você é fisioterapeuta. Para fins tributários, não interessa se você atende Pilates, fisioterapia ou RPG, é tudo fisioterapia, pois você é fisioterapeuta.

6- Mas eu não concordo com isso, não quero fazer assim, posso fazer de outra forma?
A minha parte é informar como as coisas devem ser feitas baseadas na legislação atual pertinente.
Somos todos adultos e profissionais, cada um pode fazer da maneira que quiser. Para isso, deve-se arcar com as responsabilidades posteriores.

7- Eu pago imposto por todo recibo que emito?
Até o limite de R$28.123,91 você está isento de pagar imposto de renda.
Funciona da seguinte forma: se durante o ano de 2016, você emitiu recibos totalizando até R$28.123,91 você está dentro do limite de isenção.
Se emitiu recibos totalizando mais de R$28.123,91 você tem obrigação de fazer a sua declaração de imposto de renda.

8- E quanto irei pagar de imposto?
Esse valor é variável e depende do quanto você recebeu durante o ano. Para isso, deve-se consultar a tabela de alíquotas.

9- É preciso contratar um profissional para fazer esses procedimentos?
Não é obrigatório nem necessário. Você mesmo pode fazer isso tudo sozinho. No início, pode parecer um pouco complicado mas como tempo, você vai aprendendo.

A maior dica é você manter tudo isso em dia e muito bem organizado. Você deve ter todo o registro e cópias de notas e recibos que emitiu para comprovação, se for necessário.

Então, mantenha tudo muito bem organizado 😉

Espero que tenha gostado do texto, que ele tenha esclarecido suas dúvidas em relação à esse assunto!

Se você tiver alguma dúvida, se quiser que eu escreva sobre algum assunto específico, me envia um e-mail: luciana@luramos.com pois assim como essa dúvida surgiu e é a de muitas pessoas, a sua dúvida também pode ajudar a todos nós a melhorarmos nosso entendimento sobre esses assuntos.

Semana que vem tem texto novo 😉

Boa semana!

Luciana Ramos

Convite para o Sucesso

Webnário Março
Muitas pessoas me questionam sobre o porquê algumas pessoas tem sucesso e outras não. E, após observar esse mercado e outros, eu agora tenho uma visão bem clara sobre isso.
Nesse webnário online, totalmente gratuito e ao vivo vamos conversar sobre um tema muito importante, um tema que vejo muitos profissionais cometendo erros e não sabendo que estão errando nesses pontos, até mesmo os mais experientes e com anos no mercado.
Vamos falar sobre os 3 pilares que levam o seu estúdio de Pilates do lugar comum ao sucesso. Nesta aula vou falar sobre os 3 pilares que você precisa começar a investir já se quiser que seu estúdio de Pilates tenha sucesso no mercado.
E se você não trabalha com Pilates pode assistir também afinal teremos muito conteúdo que você pode aplicar na sua vida profissional.
Para participar é necessário que você faça a sua inscrição o quanto antes clicando nesse link: http://bit.ly/3pilaresdosucesso
Não esqueça de fazer sua inscrição pois as vagas são limitadas!
Lembrando mais uma vez que temos esse encontro ao vivo e ele não terá reprise.
Portanto, anote na sua agenda para não perder essa aula 😉
O sucesso não espera por você, é você quem tem que correr atrás dele.
Te espero na terça às 21h.
Com carinho,
Luciana Ramos

Você tem esse Poder?

Oi, tudo bem?

Como foi o seu feriado de carnaval? Eu descansei e aproveitei bastante esse recesso. É sempre muito bom poder parar, descansar e voltar ao trabalho renovada.

Para fazer parte do grupo Vip que recebe os e-mails com exclusividade, cadastre seu e-mail clicando abaixo:

5

Nesses dias do Carnaval eu viajei para Florianópolis e passei com um grupo de amigos lá. Eu adorei a cidade, a praia, nossos churrascos…

Em um desses dias, estava conversando com um casal de amigos que são médicos e um deles me disse que estava um pouco frustrado com a profissão.

Aí eu parei e fiquei questionando: Como assim um médico frustrado? Isso é possível? Sim, eu também fiquei de queixo caído…

Ela estava me contando que anda desmotivada pois considera o tratamento de algumas áreas da medicina atualmente de baixa resolutividade, que  médico não pode fazer muita coisa para ajudar.

Deixa eu explicar melhor: quando você vai ao Cardiologista e descobre que está hipertenso, qual é o tratamento? Anti-hipertensivo, alimentação balanceada e atividade física.

Quando uma pessoa descobre que está diabética, qual é o tratamento? Medicamentos, alimentação adequada e atividade física. Ou seja, o paciente precisa mudar o estilo de vida…

Tá, mas o que isso tem a ver com a gente? E porque você está falando isso?

Porque se você não percebeu, a área de saúde hoje não é mais tão dominada assim por médicos como antigamente. Todo mundo sabe a importância que outros profissionais da saúde tem e ouvir isso de uma  médica  fez a minha ficha cair.

Se você não notou, dentro dos próximos anos, nossa profissão vai crescer muito mais e as pessoas estão tendo cada vez mais conhecimento disso, cada vez mais vão necessitar dos nossos serviços.

Nós profissionais de saúde, temos o poder de ser agentes de mudança e transformação na vida dos nossos pacientes. E esse poder que nós temos, muitas pessoas, inclusive os próprios médicos, já perceberam.

E você, já tinha noção desse grande poder que tem nas mãos? Está usando bem esse poder?

Por isso, estar bem preparado, saber reconhecer as oportunidades, ter seu diferencial, correr atrás, fazer seu nome e sua carreira como uma marca de sucesso hoje e fidelizar seus clientes vão te  consolidar nesse crescente e promissor mercado.

Se você acha que a fisioterapia e a educação física não são carreiras promissoras, você não está olhando bem para o futuro.

Mas o futuro começa hoje. Preparar-se adequadamente para saber usar bem esse poder a seu favor e na vida dos seus pacientes vai fazer muita diferença!

Se você concorda comigo, se gostou do texto, se não gostou, se quiser me contar algo ou tirar uma dúvida, é só deixar aqui seu comentário.

Até semana que vem com muito mais conteúdo para nós!!!

Juntos vamos fazer nossa profissão crescer cada vez mais. Quem vem comigo?

Luciana Ramos

A morte de Dona Marisa

Hoje eu queria conversar com você sobre um dos assuntos que mais repercutiu nas últimas semanas: a morte da ex-primeira dama, dona Marisa Letícia.
Para receber os textos em primeira mão, cadastre seu e-mail clicando abaixo:
5

E porque você quer falar sobre isso Luciana?

Porque o assunto interessa muito a nós, profissionais de saúde…

Bom, foi amplamente divulgado na imprensa, que uma médica do hospital, onde a paciente estava internada, foi demitida por vazamento de informações relativas ao estado de saúde da mesma.

O que eu quero falar com você hoje tem a ver com uma coisa muito séria: nossa conduta e postura profissional.

Não estou aqui para julgar o fato, mas acho que não devemos deixar essa situação passar em branco sem tirar um aprendizado dela.

A história toda aconteceu devido à medica ter compartilhado informações do estado de saúde da paciente em um grupo fechado do WhatsApp com seus colegas de faculdade e profissão. Alguém do grupo vazou as informações. Atente para o fato desse grupo ser um grupo fechado somente com pessoas conhecidas…

Estamos vivendo na era da transparência, das informações rápidas e cada vez mais difíceis de serem guardadas pois a todo momento a grande parte das pessoas compartilham informações pessoais e às vezes profissionais.

Somos regidos por um código de ética e submetidos ao sigilo profissional. O que eu quero te mostrar hoje é uma coisa que eu enfatizo muito no meu treinamento: a postura profissional.

Além de ser uma obrigação legal, não é uma boa conduta comentar sobre nossos pacientes. Tenha muito cuidado com isso pois o que para nós pode ser uma simples informação, corriqueira e sem valor, pode causar sérios problemas.

Não é de bom tom comentar sobre o estado de saúde e tampouco sobre a vida pessoal dos pacientes que atendemos.

Sei que lidamos com várias pessoas e às vezes atendemos pessoas que se conhecem e elas nos perguntam sobre o estado de saúde ou qualquer coisa relativa sobre essa pessoa.

Nossa resposta deverá ser simples e direta: não comento sobre o estado de saúde de meus pacientes e não tenho informações sobre a vida pessoal dele. Você não deve abrir brechas para discussões e comentários.

Essas situações nunca são agradáveis e criar um ambiente de comentários e fofocas é extremamente desagradável.

Por isso, tenha uma boa postura profissional, evite muitas conversas com seus pacientes. Quanto menos você souber da vida pessoal e dos problemas dele, melhor. Afinal, não somos psicólogos 😉

Evite comentários com outros pacientes e também com seus colegas de profissão.

Apesar de Dona Marisa Letícia ser uma pessoa pública e isso ter tomado grandes proporções, isso pode acontecer com qualquer pessoa.

Evite aborrecimentos para sua carreira.

Uma boa postura profissional vai te diferenciar e te trazer resultados surpreendentes. Invista nisso. Existem várias técnicas para aprimorá-la.

Espero que tenha gostado do texto de hoje e deixe seu comentário me contando o que você achou.

Luciana Ramos