O que você pode ganhar com um tempo a mais na Agenda?

Olá, tudo bem?

Sabe aquela sensação de que você trabalha e aí vira uma rotina pesada e você às vezes se sente cansado, sem muita motivação? Muitas vezes as coisas acabam se acumulando, os atendimentos se tornam repetitivos e parece que toda a sua criatividade acaba?

Você já recebe meus conteúdos via e-mail?

Para receber e ficar por dentro de tudo que acontece na maior comunidade de Empreendedorismo e Gestão em Fisioterapia e Pilates do Brasil, cadastre-se agora mesmo clicando aqui  

Quero me cadastrar e receber conteúdo exclusivo!

Eu já passei por isso e você? Eu odeio essa sensação, de trabalhar tanto e não ter tempo para fazer as coisas do jeito que eu gosto e de como elas devem ser feitas.

E o que fazer quando isso acontece?

Recentemente eu li em um livro uma coisa que achei muito interessante. No Google, as pessoas que trabalham lá, tem 20% do seu tempo de trabalho para se dedicar ao projeto que quiserem e não precisa ser dentro da área de atuação. Eu também descobri que o Gmail foi criado assim, nesses 20% do tempo em que as pessoas poderiam se dedicar ao projeto que quisessem, assim como foi com o Post It, aquele papelzinho amarelo com cola que a gente tanto ama 😉

Aí, eu fiquei pensando e só confirmei uma prática que adotei a alguns anos e aconselho fortemente meus alunos do Treinamento Fechado M2P: não trabalhe com sua agenda 100% cheia.

Mas Luciana, se eu não trabalhar eu não ganho, porque você está aconselhando isso?

Porque com o tempo, a prática e a experiência, eu percebi que eu precisava de intervalos em minha rotina por vários motivos:

1- Por ser uma rotina longa, às vezes 13 horas de trabalho, eu não mantinha um alto rendimento nos atendimentos. A queda da performance do atendimento pode impactar diretamente no lucro, afinal paciente não satisfeito não paga nem retorna, não é mesmo?

2- Eu precisava manter o bom funcionamento do estúdio e consultório como um todo e atendendo todo o tempo, fica imposssível cuidar dessa parte e isso impacta diretamente na percepção que o cliente tem do negócio como um todo, o que também pode comprometer o faturamento.

3- Eu gosto de entregar o melhor atendimento para o paciente e para isso preciso ter tempo para estudar, parar e analisar todos os casos. É claro que isso deve fazer parte do seu preço de atendimento e para cobrar um preço mais elevado você precisa entregar mais resultados e consequentemente ter mais tempo para isso.

Então, a princípio você pode pensar que atender 100% do seu tempo disponível pode ser bom mas queria dividir com você minha experiência e percepção sobre esse outro lado da moeda.

Afinal, já atendi com a agenda 100% preenchida e posso dizer que não foi uma boa experiência, tanto do ponto de vista profissional, quanto de atendimento e até mesmo financeiramente.

É claro que isso faz parte de um processo e de todo um planejamento e você deve trabalhar todos os passos com muita cautela e orientação.

Espero que tenha gostado deste conteúdo e se de alguma forma ele foi útil para você, deixe seu comentário aqui!

Se você ainda NÃO faz parte da minha rede de contatos via WhatsApp e deseja receber meus áudios com dicas práticas para sua rotina profissional, siga as seguintes instruções:

1- Salve o meu número profissional (21) 968 404 751 na agenda ou nos contatos do seu celular.
2- Envie uma mensagem via WhatsApp com “ADD” para você ser adicionado.
3- Aguarde as mensagens.

Com carinho,

Luciana Ramos

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s